NOTÍCIAS


O que pode na Fase Vermelha?


O que pode na fase vermelha?

 

Segundo o estado são considerados serviços essenciais:

  • Saúde: hospitais, clínicas, farmácias, clínicas odontológicas e estabelecimentos de saúde animal.
  • Alimentação: supermercados, hipermercados, açougues e padarias, lojas de suplementos, feiras livres. É proibido o consumo no local.
  • Restaurantes e similares: permitido serviços de retirada, entrega e drive-tru.
  • Abastecimentos: cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária, transportadoras, armazém, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção.
  • Logística: estabelecimentos e empresas de locação de veículos, oficinas de veículos automotores, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos.
  • Serviços gerais: lavanderias, serviços de limpeza, hotéis, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e bancas de jornais.
  • Segurança: serviços de segurança pública e privada.
  • Comunicação social: meios de comunicação social, inclusive eletrônica, executado por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens.
  • Construção civil e indústria: sem restrições.

Na etapa de restrição máxima, só há funcionamento normal de farmácias, mercados, padarias, lojas de conveniência, bancas de jornal, postos de combustíveis, lavanderias e hotelaria. Já os comércios e serviços não essenciais só podem atender em esquema de retirada na porta, drive-thru e entregas por telefone e aplicativo.


<< VOLTAR